Yamnuska.com – da água para o vinho

maio 28th, 2011
by edufrick
novo site do Yamnuska Mountain Adventures

novo site do Yamnuska Mountain Adventures

Conheci muita gente legal enquanto trabalhava na ‘Mergulhar Serviços Editoriais’ – empresa que fazia os fotolitos de várias editoras de renome. Trabalhei lá durante quase 10 anos, antes de decidir abrir a minha própria empresa, largar o mundo das artes gráficas e virar “webdesigner”.

Uma das minhas companheiras de trabalho na Mergulhar, a Helena Artmann (@helenaartmann), era especialmente simpática, não só por causa de seu sorriso cativante, mas por ser uma experiente alpinista, cheia de histórias interessantíssimas e projetos de viagens que me encantavam. Lembro que, na época, ela trabalhava duro para juntar dinheiro suficiente para subir as mais altas montanhas do mundo.

Eu vivia enfurnado dentro do estúdio – sala lotada de computadores, impressoras, scanners – ralando ao lado dos outros operadores que sabiam muito de computação gráfica mas que não compartilhavam dos mesmos gostos que eu tinha, e tenho ainda hoje – Trilhas, escaladas, acampamentos, vida ao ar livre em geral. Helena fazia contatos comerciais, captava clientes e raramente aparecia no estúdio. Mas, quando aparecia, eu parava tudo o que estava fazendo para conseguir alguns minutos de prosa com ela.

Eis que, sei-lá-quantos anos depois, Helena surge novamente, virtualmente falando, no Facebook. Morando no Canadá, numa cidadezinha no sopé das Rocky Mountains e… trabalhando como produtora de websites! Parcerias à vista!

Ela me chamou para ajudá-la na reconstrução do website da Yamnuska Montain Adventures – o nome já diz tudo: uma empresa de turismo especializada em alpinismo, trekking e acampamento nas montanhas rochosas canadenses.

O antigo site yamnuska.com tinha um excelente conteúdo, afinal eles são uma das melhores empresas do ramo, porém o site em si era muito ruim, em vários aspectos. Projeto gráfico pobre, leitura difícil, arquitetura caótica e, principalmente, um esquema de trabalho tão confuso que, mesmo depois de uma dúzia de e-mails e conversas pelo Gtalk, eu não consegui entender por completo. Minha primeira sugestão, imediatamente aprovada pela Helena, foi: Joga tudo fora, exceto o conteúdo. Faremos um novo site, com novo layout, usaremos uma plataforma de programação que permita ao site crescer de forma ordenada e que facilite o trabalho de atualização.

Helena optou pela utilização do Expression Engine, uma excelente plataforma de publicação pouco conhecida aqui no Brasil, mas que ela já tinha usado em outros projetos bem sucedidos.

Resolvemos também trocar de provedor de hospedagem, que era caro e não oferecia nem metade das funcionalidades, suporte e outras regalias oferecidas por um bom provedor. Escolhemos o Media Temple, o melhor provedor que eu conheço. Faríamos a migração do site antigo para o novo provedor, construiríamos o novo site em um domínio provisório e, quando estivesse tudo pronto, seria só trocar o velho pelo novo.

Fizemos a divisão das tarefas – eu faço a migração e Helena faz a troca dos DNS nos registros dos domínios. Tudo muito simples, em tese. Mas…  no dia em que havíamos combinado, houve um atraso, de minha parte, na migração do banco de dados e, quando a Helena fez a troca dos DNS, o site ainda não estava pronto para funcionar no novo provedor. Preocupada em não deixar o site do cliente fora do ar, Helena desfez a troca dos DNS, acreditando que o site voltaria a funcionar em questão de minutos. Não voltou. Para nosso desespero, esse troca-e-destroca fez a propagação dos DNS demorar muito mais do que esperávamos. Para piorar a situação, o site voltou no mundo inteiro MENOS no Canadá. Helena e o cliente só conseguiram ver o site restabelecido 2 dias depois.

Este incidente abalou demais a confiança do cliente em nosso trabalho. Tivemos, Helena principalmente, que suar sangue para recuperar a confiança dos Yamnuskas e apresentar o novo projeto livre de problemas e no prazo combinado.

Logo após de ter terminado a fase de layout, tive que parar todas as minhas atividades profissionais para mudar de cidade, de Caçapava para Mogi das Cruzes. Seria impossível, para mim, continuar trabalhando no site Yamnuska e resolver as mil complicações de escolher uma casa nova, tratar da mudança da família, desmontar e remontar meu home-office. Para minha felicidade, Helena teve competência suficiente para tocar o projeto sozinha, auxiliada por um programador que ela mesma contratou, e fez um excelente trabalho.

No início desta semana, soube, via Facebook, que o novo site yamnuska.com está pronto, funcionando a pleno vapor e, o melhor de tudo, o cliente está satisfeito. Mesmo sem ter participado de todo o projeto, vejo esse site com muito orgulho, e registro aqui os meus parabéns à Helena pela sua dedicação, empenho e perseverança.

Tags: , , , , , ,
Posted in Clientes, Web Design | Comments (1)

One Response to “Yamnuska.com – da água para o vinho”

  1. Helens Says:

    Muito obrigada, Edu! Eu tb estou feliz com o resultado e seu design… 😉

Leave a Reply

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas