Video conferência pela internet. Funciona?

outubro 29th, 2009
by edufrick

O sucesso das reuniões que utilizam a internet como canal de comunicação (webinar, webmeeting, videoconferência ou videochat – o nome técnico muda mas a essência é a mesma) invariavelmente depende 1) da qualidade das conexões de internet de seus participantes. 2) de um mínimo de tecnologia.

Aqui no Brasil, são raros os serviços de banda larga que cumprem o que prometem, e as redes corporativas ou prediais costumam ratear uma conexão de banda larga entre inúmeros computadores. Já vi casos em que o desempenho de uma “banda larga” era inferior à uma conexão por  linha discada.

Ainda não é costume brasileiro usar webcams e headsets para conversar no computador. Poucos têm o equipamento completo, configurado e funcionando. O skype muitas vezes enguiça por causa de microfonias geradas por volume muito alto ou microfones colocados próximos às saídas de som. Na hora da reunião é sempre aquela correria: pega o fone de ouvido lá no quarto! cadê a webcam? como assim emprestou pro vizinho???  ih o microfone deu mau contato!

Um teste que deve ser feito por todos os participantes, antes das reuniões, está em http://www.speedtest.net/ . Uma sala de videochat com 3 vídeos simultâneos e um canal de áudio demanda uma boa taxa de transmissão de dados:
Taxas de download abaixo de 500Kb/s, ou 0,5Mb/s podem não ser suficientes, principalmente se a conexão estiver instável.
Taxas de upload acima de 200Kb/s ou 0,2Mb/s são recomendadas.

Para vocês terem uma idéia, meu teste atual no Speedtest.net deu 4.66 Mb/s de download e 0.58Mb/s de upload. Meu contrato é de 6Mb de download e 1Mb/s de upload.

Outras soluções que realmente funcionam utilizam hardware proprietário (micros especiais, modems, telões, etc), várias linhas ISDN ligadas em paralelo para a transmissão… e custam uma fortuna.

O Skype e outros programas gratuitos, como o MSN e o Gtalk, só permitem a conexão com video E áudio apenas entre 2 pessoas, e olhe lá. Mesmo para reuniões sem o uso de webcams, o áudio do skype nem sempre funciona.

O camfrog é diferente porque o cliente paga para hospedar uma “sala virtual” em um servidor otimizado para este tipo de aplicação. O custo mínimo desta hospedagem é R$35 mensais ou R$252 anuais para até 400 participantes simultâneos (http://www.frogfriendshosting.com).

Há um programa gratuito em que os participantes conversam por áudio e texto, e cada um vê até 3 vídeos simultâneos de outros participantes. A versão paga (R$80 cada licença) do mesmo programa permite até 100 vídeos simultâneos, entre outras vantagens. http://www.frogfriendsbrasil.com/?op=pro A SBEM Nacional comprou 7 e levou 10 licenças depois que eu chorei um desconto.

A SBEM está satisfeita com o camfrog. A dinâmica das reuniões, por causa das limitações do ambiente e das ferramentas disponíveis no software, é diferente de uma reunião tradicional. Alguns dos convidados não conseguem falar ou ouvir por não estarem com equipamento ajustado ou por intermitências na conexão com a internet.

Existem outras alternativas, como a versão gratuita do Dimdim – http://webmeeting.dimdim.com/ que têm ferramentas específicas para apresentações e demonstrações e agregam até 20 usuários em cada reunião online. Já usei o dimdim em muitas reuniões.

O twitcam também é uma ferramenta gratuita e genial para broadcast. Qualquer pessoa com uma taxa de upload maior que 16Kbps, um microfone e uma webcam agora pode fazer o seu próprio telejornal ao vivo. O twitter serve como canal de comunicação entre quem está transmitindo o vídeo e os telespectadores que querem participar com perguntas e observações.

Tags: , , , , , , , , , , ,
Posted in Clientes, multimidia, Tecnologia | Comments (1)

One Response to “Video conferência pela internet. Funciona?”

  1. Luis Ravizza Says:

    Me dedico profesionalmente a evaluar e instalar sistemas de videoconferencias.

    Excelente artículo al que accedí a través de Google.

    En este link tienen un excelente informe de CISCO sobre el tema:

    http://www.tandberg.es/beneficios-y-obstaculos-estudio-global/index.jsp

    Les agradecería en retribución si pueden aportarme un breve comentario sobre experiencias y nivel de satisfacción en sistemas de videoconferencias.

    Atentamente,

    Luis Ravizza
    Uruguay

Leave a Reply

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas