Arquivos para ‘Tecnologia’ Categoria

Mantenha seu site online. Dicas de Segurança em WordPress

fevereiro 6th, 2017

Retomo as publicações com um tema que vem me atormentando há anos. Gerencio vários sites feitos em WordPress (inclusive este) e tenho visto como este CMS é alvo de ataques de todos os tipos de hackers, invasões, malware, etc.

Sites em WordPress parecem ser o ‘saco de pancada’  de todo aspirante a hacker. E há milhões deles na China, Rússia, países árabes, EUA e no Brasil. Eles atacam indiscriminadamente, sem distinção de credo, raça ou nacionalidade. Têm preferência a sites que estão parados e não recebem atualizações e por isso são mais fáceis de invadir.

É sempre melhor prevenir do que remediar. Em casos de sites invadidos, o remédio é caro. Horas serão gastas na remoção das porcarias inoculadas no conteúdo, arquivos escondidos no meio de inúmeros outros nas pastas e diversas outras artimanhas preparadas para facilitar novas invasões no futuro. Atualmente temos serviços online de monitoramento e limpeza de malware bastante eficientes e ferramentas de backup na nuvem que automatizam a cópia dos arquivos e simplificam a restauração de um site.

Os backups também serão muito úteis na prevenção de encrencas advindas da atualização de plugins, temas e do próprio WordPress. Por incrível que pareça,  muitas vezes uma atualização leva o site a sair do ar. Ou porque o plugin X é incompatível com a versão Y do WordPress, ou porque a instalação foi mal sucedida, ou porque a rebimbela do database falhou… o que importa é que o site some e você é obrigado a restaurar os arquivos com urgência.

Para monitorar os sites e evitar invasões, recomendo os serviços do Wordfence e do Sucuri. Os plugins gratuitos detectam ataques e mostram os arquivos que devem ser eliminados. Se o estrago for muito grande, existem os serviços pagos de consultoria e limpeza.

Plugins de backup existem vários, mas até agora ainda não vi nenhum que superasse a eficiência do bom e velho WinSCP e seu recurso de sincronização. Para quem não gosta ou não sabe se conectar via FTP, recomendo a versão gratuita do WordPress backup to Dropbox que permite a programação do backup (semanal, mensal, …) e a escolha de quais arquivos devem ser copiados.  O backup da base de dados também é importante e também pode ser feita para o Dropbox ou outros fornecedores de cloud computing, usando o plugin WP Database Backup.

O plugin “Backup and Restore Dropbox” é também muito bom. Copia e restaura arquivos e banco de dados de maneira simples e também pode ser configurado de diversas formas. Eu costumo programar os backups para uma vez ao mês e sempre executo um backup extra antes de atualizar o WordPress.

 

Tópicos: , , , ,
Publicados em Tecnologia, Web Mastering | Comentários (0)

Um novo site para um velho cliente

novembro 1st, 2013

Imagem em 3 dimensões da estrutura da home page nova da SBEM.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – SBEM –  é uma das sociedades médicas pioneiras na divulgação da sua atuação e de seus eventos por meio da internet. Com o nome de “Portal Endocrinologia”, o website da sociedade foi inaugurado em meados de 2003. O primeiro registro no Wayback Machine é de 24 de agosto daquele ano.

Em agosto de 2007, fui chamado para assumir a responsabilidade técnica do website. De lá para cá, escrevi diversas vezes sobre os problemas enfrentados no início até os recentes projetos em andamento. Atualmente recebemos 280 mil visitantes por mês (dados de outubro/2013). Isso é mais do que o ano de 2007 inteiro (219 mil). Nada mau. Além disso, a SBEM conta com aproximadamente 8 mil fãs no Facebook e 4.500 seguidores do @endocrinologia.

Recentemente inauguramos um novo layout, cujo código html/css foi todo refeito em um novo grid (Bootstrap 3) concebido para funcionar primariamente em aparelhos móveis (mobile first, um conceito interessante descrito aqui pelo Diego Eis). Agregamos, também, as melhorias no funcionamento do CMS que concentra o trabalho dos editores de conteúdo e das secretarias da SBEM.

Tópicos: , , , , , ,
Publicados em Clientes, Open Source, Redes Sociais, Tecnologia, Web Design, Web Mastering | Comentários (0)

Rosana Lanzelotte 2013

janeiro 22nd, 2013

reportagem do jornal do commercio

Rosana é uma das minhas primeiras clientes, ainda do tempo em que eu criava páginas com enormes tabelas em HTML com fatias de imagens feitas no Photoshop ou no Fireworks. A primeira versão do seu website é tão antiga que tive que usar o WaybackMachine para resgatá-la, no fundo do baú do mês de agosto de 2000.

Além de ser uma das minhas primeiras clientes, Rosana Lanzelotte é uma das mais aplaudidas artistas brasileiras. Sua discografia inclui obras raras de Bach e Haydn, sonatas do português Avondano e peças brasileiras para cravo. Resgatou em livro e em CD as obras de Sigismund  Neukomm, que inauguram o repertório de música de câmara no Brasil.

Rosana está sempre pesquisando e inventando projetos novos. De 2000 para cá estive envolvido em alguns deles: o “Música nas Igrejas” durou mais de 10 anos e encantou milhares de pessoas que tiveram a chance de escutar música clássica em diversas igrejas do Rio de Janeiro. Mais recentemente ela lançou o portal Musica Brasilis, que objetiva resgatar e popularizar o acervo musical de autores brasileiros tais como Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga.

Apesar, ou talvez, por causa, de seus inúmeros afazeres, projetos, ensaios, apresentações, gravações etc, o site da cravista se manteve praticamente parado de 2005, quando recebeu uma reforma no layout, até dezembro de 2012, quando, enfim, iniciamos o processo de revitalização do site. Optamos pela plataforma do wordpress e escolhemos um tema “premium” específico para a produção de portfólios.

Espero que gostem do novo http://lanzelotte.com

 

 

Tópicos: , , , ,
Publicados em Clientes, Tecnologia, Web Design | Comentários (0)

Making Of – Dia Mundial do Diabetes 2012

agosto 22nd, 2012
layout da home page

Dia Mundial do Diabetes 2012

Há alguns anos, fiz uma pesquisa para criar um relógio que contava as mortes relacionadas ao diabetes. Programei para um contador somar 1 óbito a cada 5 minutos. Diabetes é um problema de saúde pública avassalador, que dizima a população desde os tempos da revolução industrial e ainda hoje, em pleno século XXI, ainda não obteve a notoriedade e a importância que merece.

O website do Dia Mundial do Diabetes procura tirar este atraso e promover uma maior conscientização sobre o tema. Junto com as redes sociais e antenado com as ações da IDF – a entidade internacional – conseguimos, ao longo dos anos, agregar toda uma comunidade. Só no Facebook, o DMD tem mais de 4800 simpatizantes, mais uns 2000 seguidores do Twitter e incontáveis colaboradores nas fotos do Flickr e vídeos no Youtube.

Estamos usando Python/Django neste projeto há alguns anos. A cada ano o CMS recebe upgrades do framework (versões novas do Django), das ferramentas administrativas – a interface ‘Grapelli’, o editor de texto, o gerenciador de arquivos, etc; e também a cada ano o site recebe uma roupagem nova. Recriamos o layout com as mais recentes técnicas para a codificação html e css. Neste ano estamos implementando o conceito de design responsivo, em que o site procura se adaptar ao browser do usuário.

Em termos de design, inovamos retirando o tradicional menu vertical da lateral da home page. Os itens do menu que eram realmente necessários e úteis foram transferidos para um menu horizontal que fica bem abaixo da linha de rolagem do navegador. Estamos trazendo o foco da atenção do usuário para a região central da home page. Com isso ganhamos espaço precioso na parte de cima da página, onde podemos brincar com a diagramação das chamadas principais.

O dia mundial do diabetes é 14 de novembro, mas a Sociedade Brasileira de Diabetes começa a promover a campanha sempre com boa antecedência, e os resultados desse empenho prévio são visíveis depois, nos relatórios de visitação do site.

O novo site foi lançado em seu ‘modelo básico’ e melhorias serão adicionadas no decorrer das semanas. A linha do tempo será incrementada, colocaremos um mapa das atividades programadas por todo o Brasil e a manchete contará com um slideshow bonitinho.

 

Tópicos: , , , , , , , , ,
Publicados em Clientes, Web 2.0, Web Design | Comentários (0)

O Passaredo pousou

outubro 4th, 2011

Um dos chalés da pousada

Já falei, em outros artigos, sobre como é divertido trabalhar com produção de sites, principalmente  se diversificamos os projetos e não nos prendemos a um determinado nicho. Isso é relativamente complicado, pois como a minha “publicidade” é feita boca a boca, é natural que um site bem feito, por exemplo, da área médica, traga outros clientes da mesma área.

Já tive ótimas experiências produzindo sites para associações médicas, designers de jóias, músicos, representantes de equipamentos para cinema, fotógrafos, jornalistas, etc etc etc, mas poucas vezes o trabalho foi tão gratificante como este que estamos terminando de aprontar – o novo site da Pousada Passaredo, o meu primeiro website no ramo de hotelaria.

Adoro viajar e frequentemente escolho o hotel ou pousada onde vou me hospedar pela internet. Mas a escolha não é simples. Os sites enganam muito. Não necessariamente por má fé do dono do hotel ou do programador do site, nem necessariamente para pior. Há casos, como o da Pousada Passaredo, em que a imagem que o site transmitia da pousada era muito aquém da realidade do lugar.

Sites de turismo em geral e de hotéis e pousadas, em particular, tendem a exagerar um pouco nas suas virtudes e benfeitorias. Não é incomum o uso de termos como “complexo de diversão infantil” para descrever um parquinho com balanço, escorrega e gangorra. E, obviamente, não informam ao leitor/cliente a lista de defeitos e problemas do lugar. Esta lista o leitor terá que descobrir por si, por meio de inúmeros telefonemas e conversas com os donos ou gerentes dos estabelecimentos, ou da pior maneira – na prática, se hospedando e percebendo que as toalhas são transparentes de tão usadas, que o cobertor não vê a luz do dia há meses, que o colchão vai te deixar inválido na manhã seguinte, que a água da sua casa é mais quente do que a do hotel, que a chaminé da sauna tem um furo para dentro da sauna, e por aí vai. Vejam bem, não estou inventando nada disso,  já presenciei cada uma dessas situações em hotéis e pousadas dos mais variados níveis e preços, a trabalho e lazer.

O site antigo da Pousada Passaredo pecava pelo outro extremo: não conseguia mostrar, de forma plena, todas as qualidades do lugar. Gonçalves é, talvez, a cidade com maior potencial turístico da região sul de Minas Gerais. Boas estradas ligam as badaladas cidades de Monte Verde e Campos do Jordão e Gonçalves está bem no meio do caminho. Aposto que será a próxima cidade serrana da moda. Os turistas, em sua maioria paulistas, são exigentes, podem pagar e exigem alto padrão qualidade. Os donos do Passaredo optaram por seguir este padrão nos serviços, mas ainda não estavam satisfeitos com o site. Numa rápida conversa com eles, soube das observações de outros hóspedes que confirmaram a minha opinião de que o site não estava ao nível da pousada. Todo feito em flash, o site não permitia que os próprios donos atualizassem seu conteúdo e, para variar, a pessoa que fez o site sumiu, atravessou um portal e foi para outra dimensão.

Nesta mesma conversa fizemos a divisão de tarefas, estabelecemos preços e prazos e mãos à obra: em poucos dias já estávamos com layout acertado, novos textos prontos, uma boa coleção de fotos escolhida. Adotamos o Wordperfect como plataforma, um tema específico para hotelaria produzido pela excelente WPZOOM, instalamos uma meia dúzia de plugins para integrar o google maps, forms de contato, e o flickr, e estamos estudando a utilização de um aplicativo para fazer reservas online.

Em breve voltarei lá para fazer as fotos 360 graus para a produção de um passeio virtual. Estamos esperando a melhor época, com as hortênsias em flor. Acredito que este bom trabalho irá chamar outros do mesmo tipo. Tomara. Fazer o website de uma pousada charmosa é tudo de bom.

Tópicos: , , , , , , , , ,
Publicados em 360 graus, Clientes, Fotografia, Fotografia Imersiva, Web Design, Web Mastering | Comentários (0)

CiaRio – A Missão

abril 17th, 2011

(usuários de Iphones e Ipads, favor acessar este link para entrar no passeio virtual, enquanto eu não acho um jeito de fazer isso automaticamente no wordpress 🙁 )

Por intermédio de meu grande amigo e parceiro em vários projetos, o Fábio Darci, fui conhecer e negociar a produção de um passeio virtual do CiaRio – Centro de Infraestrutura Audiovisual do Rio de Janeiro, um enorme galpão em São Cristóvão onde várias empresas colaboram – no sentido exato do termo – para oferecer uma gama de soluções para o ramo audiovisual. Nada melhor para o meu portfólio que começar com um projeto audacioso como este.

Com a ajuda do Fabrício Baeta, manager do CiaRio, conheci os 3 andares do galpão, dezenas de salas, várias das centenas de pessoas que lá trabalham e milhares de equipamentos de luz, som, vento, fumaça, trilhos e mais um monte de coisas. Decidimos por fazer em torno de 20 panorâmicas  para cobrir toda a parte de atendimento ao cliente, depósitos, laboratórios, auditório etc. e com o detalhe importante de fazer o possível para retratar a rotina de trabalho .

O trabalho de captura dos panoramas durou 3 dias. Contamos com a boa vontade dos “voluntários” que eram convocados na hora em que eu armava o tripé, e que participaram das fotos subindo em escadas, verificando equipamentos ou falando ao telefone. Em muitas situações as pessoas tinham que ficar imóveis durante vários minutos até que o robô que controla a câmera fizesse as fotos. Em algumas cenas com grande movimento de gente, fui eu quem ficou horas de pé, controlando manualmente o Epic Pro, esperando a hora correta de fotografar sem mutilar os passantes – se, durante a captura, uma pessoa andando aparece cortada em uma das fotos, ela vai aparecer mutilada no meio do panorama, exigindo reparos nem sempre possíveis no Photoshop. Vide o exemplo abaixo, um teste feito com a câmera na mão, sem tripé, na primeira visita que eu fiz ao galpão.

Algumas cenas tiveram que ser refeitas, mas de forma geral a captura das fotos foi muito bem sucedida. Em panoramas de interiores, é fundamental saber regular o equipamento para encontrar o “ponto nodal” onde não existirão erros de paralaxe. Optei por não usar uma lente fish-eye e sim uma 18mm em uma câmera Canon XSi para poder abusar do zoom nos detalhes. As imagens finais, com esta configuração de lente e câmera, têm em torno de 400 Megapixels.

A versão completa do passeio virtual será publicado no site da CiaRio, em breve.

 

Tópicos: , , , , , , , ,
Publicados em 360 graus, Fotografia, Fotografia Imersiva, Tecnologia | Comentários (0)

Panorâmicas cariocas

janeiro 10th, 2011

O equipamento trabalhando e minha nova amiga galinha dangola me seguindo na estrada do sumaré

Fotografar a cidade maravilhosa é uma experiência de vários adjetivos. Encontrar ângulos pouco conhecidos até pelos moradores é gratificante, e contando com a minha razoável experiência de “trilheiro” carioca da gema, pretendo montar um Portfólio de panorâmicas da minha cidade natal. Superar as dificuldades impostas pelo ambiente a ser registrado – segurança, poluição, burocracia, etc, como veremos nessa série, faz parte do cotidiano de um fotógrafo. Vocês acreditam que os fiscais que fazem a ronda na Floresta da Tijuca tentaram me impedir de fazer essas fotos? Segundo eles, eu teria primeiro que obter autorização do Ibama (provavelmente em 5 vias carimbadas), crachá de uma agência fotográfica e credenciais de fotógrafo profissional. E ainda perguntaram se a galinha dangola que aparece na foto ao lado era minha. Depois de uns 10 minutos me enchendo a paciência, eles tiveram um lampejo de bom senso (ou perceberam que não iria rolar propina) e resolveram deixar que eu fizesse as fotos.

Saibam mais no meu site de panorâmicas

 

Tópicos: , , , , ,
Publicados em 360 graus, Fotografia Imersiva, Gigapans | Comentários (0)

Passeios virtuais – você ainda vai ter um.

dezembro 9th, 2010
O  Tour Virtual, ou visita, ou passeio virtual, é uma simulação digital de um local. O usuário vê a cena fotografada como se estivesse dentro dela, e usa o mouse para guiar a visão para qualquer canto. A roda do mouse serve para aproximar (e ver detalhes) ou afastar a visão (e ter noção geral do ambiente).
O tour virtual tradicional é composto pela interligação de 2 ou mais ambientes. Portas, janelas ou outros marcadores são usados como links para os outros ambientes. Desta forma, o usuário passa de um ambiente para outro e olha ao redor, experimentando uma “imersão” que é o mais próximo da realidade que uma tela de um computador consegue chegar.

Tópicos: , , , , , , , , ,
Publicados em Fotografia, Gigapans, multimidia, Tecnologia | Comentários (0)

Web Designer x Filho do Vizinho. Quem faz o melhor site?

novembro 12th, 2010
Hello Kitty

Obrigado ao site http://xuxxu.blogspot.com. O que essa imagem está fazendo aqui? Continue lendo.

Essa questão é polêmica e não pretendo, aqui, chegar a uma resposta conclusiva à pergunta enunciada. Mas achei pertinente escrever alguns tópicos sobre o assunto que vão ilustrar bem o tormento que é saber escolher o prestador de serviços mais adequado para montar o seu site. Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , , , , ,
Publicados em Casos, Clientes, Redes Sociais, Tecnologia, Web Design | Comentários (0)

Panoramas das Torcidas

novembro 1st, 2010

Meu lema é: sempre tentar unir o útil ao agradável. Especialmente na vida profissional, procuro atividades que sejam ao mesmo tempo prazeirosas e rentáveis. Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , , , , ,
Publicados em Gigapans, Tecnologia | Comentários (0)

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas