Tópico: ‘youtube’

Eu, ao vivo

maio 19th, 2010

Aqui você assiste a tudo o que o meu Iphone vê. Graças a um aplicativo gratuito, o Qik Live, podemos transmitir video e audio, via internet banda larga ou 3G. Leia Mais »

Tópicos: , , , , ,
Publicados em multimidia, Redes Sociais, Tecnologia, Web 2.0 | Comentários (0)

É necessário investir em redes sociais?

março 21st, 2010

Sempre que este tema chega a uma reunião com clientes, enquanto eu discurso sobre as diversas redes sociais e como podemos usá-las em nosso favor, além da necessidade de atualizar o conteúdo do website com frequência, eles me olham com espanto e incredulidade. A dúvida estampada é “mas ter um site não é suficiente? esse negócio de twitter é para garotos! essa coisa de redes sociais é mesmo necessária?? Quem foi que falou em atualizar conteúdo, eu só queria colocar o meu logotipo e o meu telefone, não precisa atualizar nada… ” Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , ,
Publicados em Tecnologia, Web 2.0 | Comentários (2)

Eu quero um site, você faz para mim?

agosto 28th, 2009

Sim,… quer dizer, não… ahn… sim e não. Eu faço o site, mas não sou eu quem faço TODO o site. Para que vocês entendam como eu trabalho:

Um website nada mais é que um conjunto de páginas com textos, fotos, desenhos, mapas, vídeos e áudios e alguns formulários para o leitor preencher. Portanto, a equipe envolvida tem que dividir as tarefas e criar, publicar e atualizar todo esse material. Uma equipe básica se compõe de: Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , ,
Publicados em Clientes, Web Mastering | Comentários (5)

CDBH Online! positivo! operante!

agosto 10th, 2009
CDBH

CDBH

Trabalho instigante, desafiador, perfeccionista, atabalhoado – a equipe foi-se formando à medida em que o projeto demandava talentos – fruto de várias cabeças pensantes em um único objetivo. Este é o projeto do website www.cdbh.com.br.  Fizemos a 6 mãos – O médico endocrinologista Rodrigo Lamounier, atarefado com os tijolos da reforma da casa e com detalhes do layout da home page, e a jornalista Leticia Orlandi, chamada aos 40 do segundo tempo para colocar ordem no meio de campo. Entrou, colocou ordem e ainda ajudou no layout e na arquitetura.

O WordPress foi definido como a melhor plataforma para este website. Essa escolha é estratégica: depende das circunstâncias do mercado – se há ou não disponibilidade de mão de obra (programadores) ; depende das recentes conversas e opiniões de colegas, do que falam as revistas da semana, até da preferência dos hackers desocupados. Até há pouco tempo atrás eles gastavam seu tédio quebrando a segurança do wordpress.

Para mim, o wordpress é tudo de bom. A biblioteca de ferramentas disponíveis é absurda de grande, os upgrades automáticos são uma mão na roda. Estou ficando cada dia mais ágil na customização de páginas, menus e  CSS. O WordPress dá uma pré-mastigada e nos facilita bastante a programação em PHP. Com um trivial de javascript, qualquer um, inclusive eu, faz um site tunado como o do CDBH.

Pra deixar o site na moda, como dizem meus clientes, nada como um slaidechou. Usando o termo técnico adequado, o Featured Content Gallery é simplesmente um MUST hoje em dia. Uma homepage sem um crossfade de imagens é como uma pessoa de camiseta numa festa formal.

A nuvem de tags em 3D entrou no projeto inicial, depois saiu, depois entrou de novo. Há controvérsias quanto a sua utilidade. Bonita e atraente ela ficou. Utilidade ela terá, se a equipe editorial escolher tags interessantes para rodar ali. Veremos sua eficiência nos relatórios de métricas.

Os mapas também merecem atenção. Minha solução padrão, que satisfez a todos os meus antigos clientes, simplesmente não agradou o Rodrigo.  Ele queria meios de criar rotas de acesso. A pesquisa por uma ferramenta nova de mapeamento não durou 5 minutos. Trombei logo com o Umapper, que dispensa comentários. É simples e poderoso.

A idéia é fazer um site institucional com funções bem específicas para agilizar o agendamento de consultas e promover as atividades do CDBH ao seu público.  Tentamos aplicar o máximo de objetividade, o mínimo de firulas, aproveitar todas as formas de interação com o público que a internet nos oferece, e isso inclui todos os bricabraques que os blogs nos oferecem: trackbacks, comentarios,  tags, categorias, etc. e mais o apoio das grandes redes sociais, principalmente google/youtube e twitter, para complementar uma estratégia completa.

O site nem estreou e já tem mais de 100 visitas diárias. Pensando nesse público inicial, desde o primeiro dia que o domínio foi criado já existe uma home page com um mínimo de informação. Todo o trabalho de layout da home page e das páginas internas foi feito online e em realtime, as páginas e artigos foram criados a olhos vistos. Uma certa ousadia bem calculada que resultou numa enorme economia de tempo. Quando a stamina acabava antes do término de alguma etapa, a página era colocada “em rascunho” e não aparecia para o público. Dessa forma nunca decepcionamos ninguém com páginas que existem no menu mas estão “em construção”.

Bem vindo ao cyber espaço, CDBH.

Tópicos: , , , , , , , ,
Publicados em Clientes, Redes Sociais, SEO, Tecnologia, Web 2.0, Web Design, Web Mastering | Comentários (0)

Plugins que deixam seu site na moda

julho 26th, 2009

Nos últimos meses, aumentou bastante minha preferência pelo WordPress. Creio eu que os problemas com invasões foram resolvidos.  Dentre as dezenas de soluções de CMS existentes no mercado, o WP está se destacando por causa de sua enorme biblioteca de temas e assessórios. A última versão, a 2.8, colocou a instalação desses temas e acessórios ao alcance de um clique. Agora, mesmo aquelas pessoas que têm arrepios quando ouvem falar em FTP podem alterar o layout e adicionar ferramentas interessantes em seus sites. Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , , , , , ,
Publicados em Open Source, Redes Sociais, SEO, Tecnologia, Web Mastering | Comentários (2)

Audio no wordpress? Parece fácil mas…

abril 27th, 2009

… não é.

Colocar um vídeo em um post é tarefa fácil – basta publicar o video no youtube e “puxar” o vídeo de lá, colando o Object fornecido pelo Youtube no meio do post.

Na versão online do wordpress, os plugins de audio e vídeo já estão pre-instalados. Basta você indicar, usando um tag entre colchetes [ ], onde está o audio ou o vídeo.

Nos sites em wordpress 2.7, devemos instalar um plugin para inserir um MP3. Aí vem a segunda dificuldade: Encontrar um plugin que seja compatível com o WordPress 2.7.1. O primeiro que o Google indica, da 1PixelOut não funciona, a não ser que você se arrisque a usar a versão 2.0 beta – que aqui funcionou, mas, se  e beta, é porque ainda não foi testada o suficiente.

[audio: http://download.edufrick.com.br/mp3/full_unknown_music.mp3]

Obrigado à Cristina Dissat, que sempre encontra encrencas como essa para eu resolver, no site do Fim de Jogo =)

Tópicos: , , , , , ,
Publicados em multimidia | Comentários (1)

Música nas Igrejas 2009

março 9th, 2009
Home page - Clique para ampliar

Home page - Clique para ampliar

Mais do que esperado, necessário. O Música nas Igrejas, projeto sócio-educativo que reúne músicos renomados para apresentar música clássica nas igrejas de todos os bairros do Rio de Janeiro, é mais do que merecedor de ter um bom website, com o histórico dos concertos, depoimentos, fotos, vídeos e, por que não, contar com a colaboração dos leitores para enviar material gravado durante as apresentações.

Sob a maestria de Rosana Lanzelotte, e gerenciamento da minha amiga e parceira de longa data, Celina, estamos substituindo o tímido site antigo, que apenas mostrava uma tabela de eventos, por um website de verdade, feito em wordpress, cujo tema pixeled foi bastante modificado para se adequar ao projeto.

Site instalado no Dreamhost, vídeos puxados do youtube por meio de plugins. Futuramente vamos implantar o Google Calendar para registrar os eventos.

Os resultados das métricas são espantosos, desde a inauguração do website em wordpress.  Vejam o gráfico abaixo. Cliquem na imagem para ampliar.

visitas e visitantes, de out/2008 até março 2009

visitas e visitantes, de out/2008 até março 2009

Tópicos: , , , , , ,
Publicados em Web 2.0, Web Mastering | Comentários (0)

Rosana Lanzelotte no Youtube

julho 10th, 2008

No início o Youtube disponibilizava páginas aos seus usuários, do tipo http://www.youtube.com/edufrick. Hoje temos ferramentas de marketing bem mais interessantes: Canais.

Segundo o help do youtbe, os canais permitem que você crie uma sala no YouTube para interagir com outros usuários enquanto compartilha vídeos. Os participantes de uma sala podem conversar em tempo real durante a execução dos vídeos e adicionar vídeos a partir dos seus Favoritos, da sua Lista rápida ou colando links. Os canais possuem a área do vídeo (à esquerda) e a área de bate-papo (à direita ).

Estamos agora publicando todos os video clipes do DVD da Rosana, comdescrições detalhadas e palavras-chave apropriadas

Tópicos: , ,
Publicados em Redes Sociais, SEO, Tecnologia, Web Mastering | Comentários (0)

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas