Tópico: ‘ciario’

CiaRio – A Missão

abril 17th, 2011

(usuários de Iphones e Ipads, favor acessar este link para entrar no passeio virtual, enquanto eu não acho um jeito de fazer isso automaticamente no wordpress 🙁 )

Por intermédio de meu grande amigo e parceiro em vários projetos, o Fábio Darci, fui conhecer e negociar a produção de um passeio virtual do CiaRio – Centro de Infraestrutura Audiovisual do Rio de Janeiro, um enorme galpão em São Cristóvão onde várias empresas colaboram – no sentido exato do termo – para oferecer uma gama de soluções para o ramo audiovisual. Nada melhor para o meu portfólio que começar com um projeto audacioso como este.

Com a ajuda do Fabrício Baeta, manager do CiaRio, conheci os 3 andares do galpão, dezenas de salas, várias das centenas de pessoas que lá trabalham e milhares de equipamentos de luz, som, vento, fumaça, trilhos e mais um monte de coisas. Decidimos por fazer em torno de 20 panorâmicas  para cobrir toda a parte de atendimento ao cliente, depósitos, laboratórios, auditório etc. e com o detalhe importante de fazer o possível para retratar a rotina de trabalho .

O trabalho de captura dos panoramas durou 3 dias. Contamos com a boa vontade dos “voluntários” que eram convocados na hora em que eu armava o tripé, e que participaram das fotos subindo em escadas, verificando equipamentos ou falando ao telefone. Em muitas situações as pessoas tinham que ficar imóveis durante vários minutos até que o robô que controla a câmera fizesse as fotos. Em algumas cenas com grande movimento de gente, fui eu quem ficou horas de pé, controlando manualmente o Epic Pro, esperando a hora correta de fotografar sem mutilar os passantes – se, durante a captura, uma pessoa andando aparece cortada em uma das fotos, ela vai aparecer mutilada no meio do panorama, exigindo reparos nem sempre possíveis no Photoshop. Vide o exemplo abaixo, um teste feito com a câmera na mão, sem tripé, na primeira visita que eu fiz ao galpão.

Algumas cenas tiveram que ser refeitas, mas de forma geral a captura das fotos foi muito bem sucedida. Em panoramas de interiores, é fundamental saber regular o equipamento para encontrar o “ponto nodal” onde não existirão erros de paralaxe. Optei por não usar uma lente fish-eye e sim uma 18mm em uma câmera Canon XSi para poder abusar do zoom nos detalhes. As imagens finais, com esta configuração de lente e câmera, têm em torno de 400 Megapixels.

A versão completa do passeio virtual será publicado no site da CiaRio, em breve.

 

Tópicos: , , , , , , , ,
Publicados em 360 graus, Fotografia, Fotografia Imersiva, Tecnologia | Comentários (0)

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas