Tópico: ‘acessibilidade’

Making Of – Dia Mundial do Diabetes 2012

agosto 22nd, 2012
layout da home page

Dia Mundial do Diabetes 2012

Há alguns anos, fiz uma pesquisa para criar um relógio que contava as mortes relacionadas ao diabetes. Programei para um contador somar 1 óbito a cada 5 minutos. Diabetes é um problema de saúde pública avassalador, que dizima a população desde os tempos da revolução industrial e ainda hoje, em pleno século XXI, ainda não obteve a notoriedade e a importância que merece.

O website do Dia Mundial do Diabetes procura tirar este atraso e promover uma maior conscientização sobre o tema. Junto com as redes sociais e antenado com as ações da IDF – a entidade internacional – conseguimos, ao longo dos anos, agregar toda uma comunidade. Só no Facebook, o DMD tem mais de 4800 simpatizantes, mais uns 2000 seguidores do Twitter e incontáveis colaboradores nas fotos do Flickr e vídeos no Youtube.

Estamos usando Python/Django neste projeto há alguns anos. A cada ano o CMS recebe upgrades do framework (versões novas do Django), das ferramentas administrativas – a interface ‘Grapelli’, o editor de texto, o gerenciador de arquivos, etc; e também a cada ano o site recebe uma roupagem nova. Recriamos o layout com as mais recentes técnicas para a codificação html e css. Neste ano estamos implementando o conceito de design responsivo, em que o site procura se adaptar ao browser do usuário.

Em termos de design, inovamos retirando o tradicional menu vertical da lateral da home page. Os itens do menu que eram realmente necessários e úteis foram transferidos para um menu horizontal que fica bem abaixo da linha de rolagem do navegador. Estamos trazendo o foco da atenção do usuário para a região central da home page. Com isso ganhamos espaço precioso na parte de cima da página, onde podemos brincar com a diagramação das chamadas principais.

O dia mundial do diabetes é 14 de novembro, mas a Sociedade Brasileira de Diabetes começa a promover a campanha sempre com boa antecedência, e os resultados desse empenho prévio são visíveis depois, nos relatórios de visitação do site.

O novo site foi lançado em seu ‘modelo básico’ e melhorias serão adicionadas no decorrer das semanas. A linha do tempo será incrementada, colocaremos um mapa das atividades programadas por todo o Brasil e a manchete contará com um slideshow bonitinho.

 

Tópicos: , , , , , , , , ,
Publicados em Clientes, Web 2.0, Web Design | Comentários (0)

Web Designer x Filho do Vizinho. Quem faz o melhor site?

novembro 12th, 2010
Hello Kitty

Obrigado ao site http://xuxxu.blogspot.com. O que essa imagem está fazendo aqui? Continue lendo.

Essa questão é polêmica e não pretendo, aqui, chegar a uma resposta conclusiva à pergunta enunciada. Mas achei pertinente escrever alguns tópicos sobre o assunto que vão ilustrar bem o tormento que é saber escolher o prestador de serviços mais adequado para montar o seu site. Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , , , , ,
Publicados em Casos, Clientes, Redes Sociais, Tecnologia, Web Design | Comentários (0)

Eu quero um site, você faz para mim?

agosto 28th, 2009

Sim,… quer dizer, não… ahn… sim e não. Eu faço o site, mas não sou eu quem faço TODO o site. Para que vocês entendam como eu trabalho:

Um website nada mais é que um conjunto de páginas com textos, fotos, desenhos, mapas, vídeos e áudios e alguns formulários para o leitor preencher. Portanto, a equipe envolvida tem que dividir as tarefas e criar, publicar e atualizar todo esse material. Uma equipe básica se compõe de: Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , ,
Publicados em Clientes, Web Mastering | Comentários (5)

Integrando Google Calendar e WordPress

março 17th, 2009
próximos eventos do MIG

próximos eventos do MIG

Fiz ontem a transferência do MX do site musicanasigrejas.com.br para o Gmail.  Com isso, o MIG agora passa a poder usar as mil ferramentas do Google Apps, entre elas Google Docs, Google Maps e  Google Calendar. Leia Mais »

Tópicos: , , , , , , , ,
Publicados em Clientes, Open Source, Tecnologia, Web Mastering | Comentários (1)

CSS Naked Day

abril 26th, 2008

Soube com atraso que dia 9 de abril é o dia CSS Naked Day, onde os desenvolvedores do mundo inteiro retiram os links dos CSS e os sites ficam nús, apresentando apenas o seu conteúdo, como se estivesse sendo visto por um daqueles navegadores da idade pré-web. Ano que vem prometo fazer parte desse jogo, com o meu site pessoal, claro. Se fizer isso com algum site de algum cliente, serei um webmaster morto no dia seguinte.

A idéia do evento é promover os  Web Standards. Isso inclui o bom uso de vários elementos tais como (X) HTML, semântica, estrutura hierárquica e, obviamente, um texto muito bem escrito.  ” It’s time to show off your <body>! “

Tópicos: , , , ,
Publicados em Sem categoria | Comentários (0)

SBEM – reformulação aprovada

março 4th, 2008

Em uma sala de frente para a praia de copacabana, em uma animada reunião da Comissão de Comunicação Social da SBEM, foi aprovada minha proposta de reformular o site da SBEM por completo, começando pela mudança para a plataforma python/django, passando por uma revisão na arquitetura de informação, fazendo também mudanças drásticas no layout das páginas.

A minha apresentação foi feita no Google Docs. Boa parte dela foi produzida no saguão de embarque do aeroporto de Brasília, com uma lixeira servindo de base para o notebook. Quem quiser ver e entender melhor o projeto, pode acessar a apresentação aqui.

Tópicos: , , , , , , ,
Publicados em Sem categoria | Comentários (0)

Música nas Igrejas 2008

fevereiro 14th, 2008

Musica nas Igrejas 2008Já está no ar, porém ainda em fase de aprovação, a nova página com a programação do projeto “Música nas Igrejas”, dirigido plea cravista Rosana Lanzelotte e coordenado pela minha amiga multi-tasking Celina.

Para manter a identidade visual com o material impresso, que usa a Garamond no no novo logotipo, optei por usar um tag <h1> “escondido” por meio de css (display:none;) na esperança de que o Google não ache isso muito estranho e indexe a página sem grandes probemas.

O projeto tende a crescer  – ideal seria ter um sistema gerenciando cadastros de eventos, igrejas e músicos, e uma home page que destacasse o evento mais recente e mostrasse detalhes dos mais próximos.

Tópicos: , , , , ,
Publicados em Clientes, Web Design | Comentários (0)

Diabetes na Prática Clínica – o Primeiro E-book da SBD

outubro 2nd, 2007

Estou lançando aqui, em primeiríssima mão o link para o mais novo lançamento da SBD, tão novo que ainda não foi oficialmente lançado:

http://www.diabetesebook.org.br

capa ebook

Este projeto é particularmente interessante por vários motivos:

é feito de “informação pura” – fora o singelo banner do patrocinador, o livro é 100% informação científica. Gosto da internet servindo ao seu princípio básico da troca de conhecimento.

Fui incumbido de produzi-lo depois que a SBD desistiu de usar os serviços de uma empresa especializada em mídia científica, que durante meses prometeu e não cumpriu. Minha responsabilidade era enorme e o prazo, apertado. Para piorar a situação, resolvemos arriscar a usar uma plataforma nova – Python – em vez do velho e obsoleto PHP. Muita coisa foi feita em Javacript, inclusive o AJAX implementado no sistema administrativo.

O trabalho de produção do sistema administrativo foi feito em paralelo à produção das templates em xhtml (validado pelo W3C) e ao preparo dos originais. Enquanto essas peças não se encaixaram, os editores não tinham condições de acompanhar ou mesmo entender o processo de produção.

Todo o trabalho foi registrado num documento online, armazenado no Google DOCs, acessível por todos os envolvidos. Centralizamos as solicitações dos clientes e pedidos de revisões e tudo ficou muito mais fácil – acabou aquela chatisse de procurar pendências nos emails antigos.

Os editores do livro já estavam meio descrentes de que eu conseguiria cumprir os prazos quando o livro começou a brotar como por encanto. No momento em que os originais e as imagens foram revisados e entregues, o sistema ficou pronto para cadastrar os dados e o layout pronto para receber os scripts que o tornariam dinâmico. Em poucos dias todos os 19 capítulos dos 2 primeiros módulos estavam publicados.

Houve uma tragédia digna de nota. Não teve dimensões catastróficas porque eu tinha um backup da base de dados. Um dos editores não entendeu a função do ícone excluir e excluiu um modulo inteiro. Ficou a lição – não oferecer recursos de exclusão de qualquer tipo de registro. Trocaremos o excluir por um botão para ativar/desativar o módulo/capítulo/usuário.

O lançamento oficial deverá ocorrer no próximo dia 8 de julho. Já estou com o Statcounter e o Google Analytics a postos para contar os visitantes.

Meus sinceros agradecimentos ao Andrews Medina,  o web developer que me convenceu a usar Django/Python para essa empreitada, e aos Drs. Reginaldo e Pimazoni que confiaram e apostaram no nosso talento para descascar esse abacaxi com bisturi.

Tópicos: , , , , , , , , ,
Publicados em Sem categoria | Comentários (6)

IE6 – o que fazer?

agosto 31st, 2007

Desde que a Microsoft desceu do seu pedestal e resolveu lançar a nova versão do seu navegador de acordo com as normas descritas pelo W3C, eu pensei: meus problemas estão terminados. Agora é uma questão de tempo para as pessoas atualizarem seus softwares e o nefasto IE6 será aposentado de vez.

Ainda hoje o IE6 domina a internet (65% dos internautas do site da SBD usam IE6, contra 24% IE7). Sim, todos os usuários registrados que compraram o Windows na loja já fizeram o upgrade para o IE7. Todos os 3. Outros poucos quebraram o sistema de proteção anti-pirataria da Microsoft e instalaram o IE7. O resto da torcida do flamengo continua usando IE6 sem pretensões de fazer nenhum upgrade.

Na verdade as coisas complicaram para o meu lado. Como o IE7 foi automaticamente instalado em todas as minhas máquinas, eu não tenho como testar e simular o funcionamento dos sites no IE6.  Eu, que resolvi correr na frente de todos meus concorrentes, aprendendo e aplicando os conceitos “webstandards” nos meus sites para que eles funcionem em qq dispositivo ligado à internet, acabei caindo numa armadilha: meus sites funcionam no IE7, no Firefox, Opera, Safari, Netscape, palmtops, celulares, geladeiras, sapatofones… menos no IE6.

Estranhamente, durante vários meses, não recebi reclamações, até que a editora de conteúdo do site da SBD, que estava participando de uma Pós numa sala de aula com micros equipados com IE6 (onde está o gerente de TI dessa faculdade que ainda não atualizou seu software?) percebeu o desastre. Além do desconforto gerado pelo erro crasso de minha responsabilidade, ainda tive que aguentar o comentário de que os sites que eu normalmente cito como exemplos de “webdesign amador” funcionam perfeitamente nessa mesma sala de aula enquanto que os meus ficam todos desfigurados.

A solução veio em partes. Primeiro descobri que a Microsoft disponibiliza uma versão Standalone do IE6, mas que instalada junto com o IE7 não funciona direito. A solução definitiva é criar um “PC virtual” dentro do seu computador para conseguir fazer s dois navegadores funcionarem ao mesmo tempo. Mais informações podem ser obtidas no Revolução e Etc – excelente blog de referências para webdesigners

Meu livro de CSS hacks me ajudou a resolver os problemas de diagramação da página no IE6. Bastam algumas linhas dentro do <head>, que identificam o navegador e fazem algumas mudanças nas larguras de algumas colunas:

<!–[if ! IE 7]>
<style type=”text/css”>
#conteudo {width: 800px;}
#miolo {width: 640px;}
</style>
<![endif]–>

Desta forma, as páginas se comportam direito no IE6 sem perder suas funcionalidades em navegadores mais modernos.

Tópicos: , , ,
Publicados em Sem categoria | Comentários (2)

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas