Eu quero um site, você faz para mim?

agosto 28th, 2009
by edufrick

Sim,… quer dizer, não… ahn… sim e não. Eu faço o site, mas não sou eu quem faço TODO o site. Para que vocês entendam como eu trabalho:

Um website nada mais é que um conjunto de páginas com textos, fotos, desenhos, mapas, vídeos e áudios e alguns formulários para o leitor preencher. Portanto, a equipe envolvida tem que dividir as tarefas e criar, publicar e atualizar todo esse material. Uma equipe básica se compõe de:

  • Chefe para decidir,
  • Webmaster para coordenar, supervisionar e testar o projeto
  • Secretária para ajudar ao Chefe e ao Webdesigner
  • Webdesigner para fazer o layout
  • Programador para mexer nos scripts
  • Editor de conteúdo para criar/revisar/publicar os textos das páginas
  • Fotógrafos, ilustradores, animadores e outros especialistas
  • Uma cafeteira e alguns quilos de café de boa qualidade

Em um site pequeno, uma pequena equipe ou mesmo uma só pessoa pode acumular duas ou mais tarefas. O tamanho do website pode variar de uma até milhares de páginas, mas as tarefas são sempre as mesmas – editar textos, procurar fotos, criar mapas, produzir vídeos, administrar os comentários e mensagens dos internautas, etc. e a atualização do conteúdo do website passa a ser mais uma rotina que a empresa deve estabelecer em sua agenda.

Eu costumo me encarregar do webmastering, do design e da programação, e os clientes produzem ou contratam pessoas para produzir o material. O escopo do site, isto é, o que ele vai apresentar ao público, quem decide é o cliente com base em seu planejamento estratégico de marketing. Eu cobro um preço fixo pela produção do website e, opcionalmente, um valor mensal para treinamento, consultoria e ajuda na publicação de conteúdo. O café é por minha conta.

Os sites que eu produzo tem algumas características nem sempre encontradas por aí:
1) clareza e objetividade – sites sem firulas, sem enganações, de conteúdo essencialmente informativo
2) design simples e clean – “menos é mais”: quanto mais simples, mais fácil de usar.
3) acessabilidade – o site deve funcionar muito bem em celulares e outros dispositivos móveis
4) facilidade – o site deve oferecer ferramentas simples e eficientes para atualizar o conteúdo
5) integração – canais de comunicação com as diversas redes sociais – youtube, twitter, etc.
5) retorno – o cliente pode medir as estatísticas de visitação do site e planejar melhorias.

Em um ano, um website bem gerenciado como o do Dr. Walter Minicucci, resulta em aproximadamente 7500 visitantes por mês, que leêm 18 mil páginas.

Tags: , , , , , , , ,
Posted in Clientes, Web Mastering | Comments (5)

5 Responses to “Eu quero um site, você faz para mim?”

  1. ruan carlos Says:

    pow kara eu quero esse site que eu sou dj e eu não sei fazer um site pessoal

  2. velber Says:

    vcs da para fazer para min

  3. Rosa Says:

    Quero fazer um blog agora.

  4. blogfolio – eduardo frick » Webdesigner, este ser misterioso Says:

    […] e que o web designer, hoje melhor nomeado de “designer de interface” é um dos participantes de uma equipe. Existem galhos bem específicos para cada macaco, e geralmente, quando um resolve fazer o trabalho […]

  5. Diego Says:

    Pow carra estou precisando de um site, eu sou dj poderia fazer um pra mim? vlw

Leave a Reply

  • Eduardo Frick

    Atualmente em versão 4.6, Eduardo é Webmaster, webdesigner, web-consultor, web-coordenador de projetos. Tem longa experiência em produção gráfica e é fluente em diversas mídias.

    É carioca da gema, mas mora em Mogi das Cruzes, São Paulo. De seu escritório/estúdio, projeta e cria websites, coordena equipes de desenvolvimento e de conteúdo, recruta e supervisiona o trabalho de analistas, programadores, fotógrafos, ilustradores, animadores, redatores e demais especialistas que garantem serviços de qualidade aos seus clientes espalhados por todo o Brasil.

  • Todos os artigos, por Mês.

  • Temas